Skip to content

Review – Sekai no Chuushin de, Ai wo Sakebu

novembro 23, 2009

Olá Pessoal eu sou A Hikari Chan e darei continuidade aos reviews de Dorama. E para começar bem estou trazendo para o conhecimento Sekai no Chuushin de, Ai wo Sakebu. Um drama envolvente e revelador. Espero que gostem.

Gostaria de sugerir algum título? – Então deixe o seu pedido comentários. Quem sabe não pode ser o próximo ^^

Certinho…Bye bye…

“1987 – Eu não consegui salvar a vida da única pessoa que eu amava.”

1991 – banco de medula óssea do Japão.

Sabe aqueles livros que você ouve dizer que são bons e de repente de ouvido em ouvido, vira um best seller? Sekai no Chuushin de, Ai wo Sakebu, também apelidado de Sekachu, teve uma história assim. Tendo um nome em português para lá de brega “Chorando por amor, no centro do mundo”, tem todos os elementos de se tornar um clássico, sendo um dos doramas mais tristes da atualidade.

O sucesso do livro se deu por conta da atriz e cantora Kou Shibasaki em 2002 após ela postar em sua coluna como o livro a comovera. Em 2004, o sucesso do livro converteria na forma de um filme que pode ser considerado um dos grandes sucessos do ano. O livro com o sucesso do filme, logo seria convertido em manga que também foi outro sucesso, vendendo um milhão de exemplares, enquanto o livro naquele ano chegou aos incríveis 3 milhões, tornando se o livro mais lido do Japão deste então.

Tudo começou com a atriz e cantora Kou Shibasaki. Bastante popular no mercado japonês, a atriz leu o livro e comentou na sua coluna na revista Da Vinci. Ao escrever de como o livro a comovera em 2002, o livro caiu ao gosto do público vendendo em dois anos, aproximadamente 1 milhão e 700 mil cópias..

O que tem de especial “Sekai no Chuushin de, Ai wo Sakebu”?

Tendo uma história triste, que até aqueles que dizem que não vão chorar, vão ser os primeiros com lágrimas nos olhos. Sekachuu estreou como dorama em agosto de 2004, sendo encerrado com 11 epísódios e um especial em 19 de setembro.

O principal diferencial desse dorama é justamente a gente saber o final desde o começo. Desde o primeiro minuto, o personagem Matsumoto Sakurato chora pela morte de sua amada há 17 anos atrás e vamos entendendo numa mistura de flaskbacks e o mundo atual, como Matsumoto se apaixonou por ela, a perda e que motivo não se esqueceu ela. Logicamente, a primeira pergunta que vem a nossa mente é “Por que ele não a esqueceu, depois de tanto tempo?”.

A história

Sakurato Matsumoto é um médico em Tóquio, que está atualmente com seus 34 anos. Ele vive um drama constante em seu coração, sobre a perda da sua adorável Aki Hirose no colegial nos longínquos anos 80. Ele nunca se separou dela, carregando um frasco com cinzas dela, em seu bolso, sempre pensando no dia que ele se despediria dela.

Por motivos de saúde, Sakurato se afasta no seu serviço, voltando a sua cidade natal, para assim entender e se despedir de sua amada. Enquanto isso, não entendendo o porque desse seu sumiço inesperado, a Aki Kobayashi e seu filho de 6 anos, o Kazuki Kobayashi vão atrás de Sakurato, para ajudar o grande amigo.

Então o dorama passa pelas cenas e acontecimentos (não vou contar sobre tudo  senão acaba com a graça e magia), mas fatos acontecem como:

  • Walkman,
  • O namoro,
  • O avô de Saku,
  • A doença; (Um detalhe importante aqui é que desde o começo, nós conhecemos o final da história, assim começamos a conviver o drama de Aki e Saku, sabendo antes deles que algo está errado com ela.).
  • A Viagem para Austrália,
  • O casamento,
  • A morte.

Com certeza, quanto mais avançamos no seriado, não desejamos que Aki morra em cena, mesmo sendo inevitável. Não vou chegar a descrever a fatídica cena, até porque primeiro por ser spoiler, e segundo que não sou nenhum sádico deste fim.

Aki por causa do tratamento, perde todos os fios de cabelo, como também emagrece drasticamente. Saku tenta realizar o ultimo desejo dela, em conhecer a Austrália, a carregando para o aeroporto, mas ela desmaia, num momento comovente, ele tenta carregar ela para o avião, sendo ajudado pelas pessoas ao seu redor.

Ela retorna ao hospital, apenas falando o nome dele, enquanto ele também é hospitalizado em outro quarto. Ficamos nos perguntando, como Saku ficara, quando ele acordar e perceber que está sozinho no mundo.

17 anos depois…

O seriado sempre retorna o presente por Sakurato do presente ser o narrador da historia. Sabendo como Aki realmente morreu, vemos que Saku não existe mais há muito tempo, sendo que Sakurato é uma pessoa totalmente diferente daquela do passado. Este havia morrido junto com Aki, mas será que ele conseguiria se libertar do peso do passado? Virar a página e viver sem esse peso nas costas?

Muitas pessoas do passado, ele reencontra em sua cidade. Mas no fim, o que realmente interessa é se a Aki Kobayashi e seu filho vão conseguir fazer Sakurato ser feliz de novo. Fica essa a nossa torcida, quando a vemos atrás de Sakurato, pedindo pra escutar sua história e deixar ele ser feliz de novo. No entanto, só vendo o seriado, para ver se Sakurato aceitara Aki e Kazuki, como uma nova oportunidade de viver.

A série em DVD

Não demorou muito para a TBS lançar em DVD o dorama Sekachuu, que vinha como brinde, além de algumas mini pôsteres, uma fita cassete com todas as gravações que Aki e Saku trocaram via walkman durante o dorama. Um grande diferencial dos dvds japoneses fica realmente na parte de brindes, já que os japoneses criam brindes extremamente diferenciais e que tem haver com o título.

O elenco

O protagonista Sakurato Matsumoto teve dois atores, separando a fase jovem e a fase adulto. O Sakurato de 17 anos foi interpretado por Takayuki Yamada, ele fez o protagonista do Densha Otoko, na sua versão em filme, além de ter atuado em diversos doramas de destaque: como H2, Taiyou no Uta e Byakuakou. Já a versão de 34 anos foi interpretada pelo ator Naoto Ogata.

A Aki Hirose, foi interpretada pela belíssima Ayase Haruka. Entre os destaques dela, é ter participado do Especial do dorama Hero como também ter dublado a Violeta de Os incríveis no Japão.

Uma atriz que vale um destaque especial é a Matsushita Yuki, que interpretou a professora Toshimi Yatabe, que sempre apoiou o casal protagonista em toda a série. Ela também aparece no dorama Engine.

Fim.

Anúncios
9 Comentários leave one →
  1. sasukerk permalink
    novembro 23, 2009 7:27 am

    Muito bom post de um otimo dorama(pelo o povo fala,n tive “coragem” de ver ^^)

  2. ~eriika permalink
    novembro 23, 2009 7:41 am

    Bom post! Eu vou tentar assistir esse dorama nas férias, quando eu tiver mais tempo XD
    Queria sugerir um review também da Ayase Haruka, “Tatta Hitotsu no Koi”, que é um dos que eu mais adoro, por sinal XD

  3. Extreme Z permalink
    novembro 23, 2009 9:56 am

    Hikari-chan…do Portal AMC??

    Olha só, minha “chefe” entrou pro staff do Jstation =D

    • novembro 23, 2009 11:16 pm

      Oiee…sim sua “boss” de lá..agora na staff daki ^^
      =D

      • Extreme Z permalink
        novembro 24, 2009 3:14 am

        Que legal =D

        Seja benvinda.

        Hikari, não esquece de fazer o merchan do blog lá no site hein =D

  4. novembro 23, 2009 12:00 pm

    Ótimo post Hikari-chan, bem vinda e parabéns pelo post.
    Reviveu a área de doramas review o/.

    Ainda não vi esse dorama, parece do tipo que obriga vc a chorar haha.

    Realmente tem outra Hikari-chan que posta lá no Animaniaclub, é a mesma ?? xD

    • novembro 23, 2009 11:36 pm

      Sim é a mesma ^^
      Tipo ele num obriga a chorar..eu só chorei na morte da personagem…mas é bonito e recomendo ^^.

  5. andore permalink
    novembro 23, 2009 2:33 pm

    Ahhhhhhhhhhhh eu tenho esse dorama mas nunca assisti!!!!!!!!

    dps dessa review acho q vo ver ❤

    e parabéns pelo review mto bom!

  6. novembro 28, 2009 2:22 am

    Os detalhes realmente estão ao pé da letra, com certeza é o melhor Dorama que vi até hoje, sendo que já o assisti 3 vezes, rsrsrs, recomendo a todos os amantes de Doramas, gostaria de dar os parabéns a Hikari pela ótima matéria sobre o Sekai.

    Fuis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: